Menu fechado

BH terá ainda mais chuva do que o previsto pela meteorologia, diz Defesa Civil

Órgão acrescentou volume de 60 milímetros para as próximas horas

Belo Horizonte deve registrar nas próximas horas mais chuva do que o previsto inicialmente pela meteorologia. Um volume de 60 milímetros foi acrescentado e, com isso, a precipitação até as 8 horas de quarta-feira (12) pode chegar a 100 milímetros. 

O comunicado foi feito pela Defesa Civil, que alertou que a população deve redobrar os cuidados. Com o temporal, além do risco de inundação, alagamentos e quedas de árvores, também aumentam as chances de deslizamento de terras e desabamentos. 

Vale ressaltar que todas as nove regionais da cidade estão com alto risco geológico, ou seja, com o solo encharcado e perigo iminente de desmoronamento de imóveis. Quem mora em áreas de risco, principalmente, deve intensificar as medidas protetivasalertou o prefeito Alexandre Kalil. 

Foi justamente o desabamento de uma casa que provocou a primeira morte por chuva em BH neste ano. Uma mulher de 42 anos, que morava no bairro Vila São João Batista, em Venda Nova, foi soterrada. A vítima foi retirada dos escombros pelo Corpo de Bombeiros e o óbito confirmado por uma unidade do Samu.

Muita chuva

Em apenas 11 dias, todas as regiões de BH já ultrapassaram o volume de chuva previsto para todo o mês de janeiro. Confira:

Barreiro – 526,0 (159,8%)
Centro Sul – 535,5 (162,7%)
Leste – 454,6 (138,1%)
Nordeste – 378,4 (115,0%)
Noroeste – 416,6 (126,6%)
Norte – 344,8 (104,8%)
Oeste – 557,8 (169,5%)
Pampulha – 379,6 (115,3%)
Venda Nova – 355,4 (108,0%) 

RECOMENDAÇÕES DURANTE A CHUVA:

– Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões nos momentos de forte chuva.

– Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas e próximo a córregos.

– Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.

– Atenção especial para áreas de encostas e morros.

– Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).

– Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, avise imediatamente a Defesa Civil.

– Em caso de raios, não permaneça em áreas abertas nem use equipamentos elétricos.

EMISSÃO DE ALERTAS

Os moradores de Belo Horizonte podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos por SMS. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP da sua rua para o número 40199 e uma mensagem de confirmação será enviada na sequência. O serviço não tem custo.

A população também pode acompanhar os alertas e as recomendações da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil por meio do Instagram, Twitter, Facebook e pelo canal público do Telegram no endereço: defesacivilbh.

Fonte: Portal O Tempo

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *