Menu fechado

Covid: Belo Horizonte vacina crianças com 11 anos sem comorbidades nesta quinta

Aplicações continuam sendo realizadas em escolas da capital, e os horários se mantêm entre 9h e 17h

A campanha de vacinação contra Covid-19 em Belo Horizonte convoca crianças com 11 anos sem comorbidades para receberem as doses do imunizante infantil da Pfizer nesta quinta-feira (20). 

“Diante do quantitativo repassado pelo Ministério da Saúde ao município, cerca de 10.500 doses, poderão receber a primeira dose, exclusivamente, as crianças nascidas de janeiro a junho de 2010 e que ainda tenham 11 anos na data da vacinação”, informa a prefeitura.

Aplicações continuam sendo realizadas em escolas da capital, e os horários se mantêm entre 9h e 17h. “Para se vacinar, as crianças sem comorbidades devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina”, acrescenta o Executivo. 

Caso os responsáveis não possam comparecer e um terceiro seja acompanhante da criança, é necessário que eles assinem um termo de autorização disponibilizado no site da prefeitura. O documento deverá ser apresentado no momento de vacinação.

Confira a programação de vacinação contra a Covid-19 atualizada: 

Dia 19/01, quarta-feira: 

– Dose de reforço para pessoas de 53 e 51 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

– Repescagem de primeira dose para crianças com comorbidades de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação. É necessário levar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de residência em Belo Horizonte e da comorbidade. A aplicação das vacinas será feita em escolas;

Dia 20/01, quinta-feira: 

– Primeira dose para crianças sem comorbidades nascidas de janeiro a junho de 2010 e que ainda tenham 11 anos na data da vacinação. É necessário levar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina. A aplicação das vacinas será feita em escolas;

– Dose de reforço para pessoas de 49 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 

– Dose de reforço para pessoas de 19 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 

Dia 21/01, sexta-feira: 

– Dose de reforço para pessoas de 18 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 

– Repescagem de dose de reforço para grupos prioritários e faixas etárias já convocados, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

– Repescagem de primeira dose para crianças com comorbidades de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação, e crianças sem comorbidades nascidas de janeiro a junho de 2010 e que ainda tenham 11 anos na data da vacinação. É necessário levar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de residência em Belo Horizonte e da comorbidade. A aplicação das vacinas será feita em escolas.

Dose de reforço

Para que as pessoas possam receber a dose de reforço é necessário apresentar o documento de identidade, cartão de vacinação e ter recebido a segunda dose no prazo de pelo menos 4 meses.

Os chamamentos continuarão a ser feitos, mas a partir desta quarta-feira, dia 19 de janeiro, se uma pessoa, independentemente da idade, já completou esse prazo, pode procurar um dos pontos de vacinação para tomar o reforço.

Horário de funcionamento 

O horário de funcionamento dos Centros de Saúde e postos extras é das 8h às 17h. Já dos pontos de drive-thru é das 8h às 16h30. Os shoppings funcionam das 13h às 19h30 e as escolas das 9h às 17h. 

Fonte: Portal O Tempo

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.