Menu fechado

Ferroviários anunciam Estado de Greve na CPTM

O Sindicato que representa os ferroviários das Linha 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade, informou por meio de um comunicado que à CPTM e o secretário Alexandre Baldy, não cumpriram o “acordo” que foi selado ao vivo no programa “Brasil Urgente”, da última terça-feira, 24 de agosto de 2021, data que em que à categoria realizou uma greve onde 560 mil passageiros foram afetados.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil, está mantido o “estado de greve”.

Desde março deste ano a categoria está discutindo com a estatal a forma do pagamento do reajuste salarial, inclusive no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Datena, seu programa o “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes, foi quem serviu de conciliador entre empregados x estado/companhia, para por fim à greve que estava em andamento naquela terça, dia 24.

Ficou acordado que à CPTM iria pagar em cinco parcelas, começando em outubro, além, da reversão da demissão de 10 funcionários por causa da greve. Além disso uma reunião presencial entre as partes foi marcada e deveria ocorrer na quarta-feira, dia 25, no entanto, o secretário Baldy desmarcou.

No comunicado abaixo, os sindicalistas informam que não houve a reunião e que, um ofício enviado por Pedro Moro, presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), tinha cláusulas diferentes da TV, e que os funcionários grevistas receberam o comunicado de desligamento.

Fonte: Rede Noticiando

Compartilhe:

Comentários enviados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *