Menu fechado

Greve no transporte prevista para hoje(20) é descartada – operação será normal

O Sindmotoristas, entidade que representa os motoristas e cobradores de ônibus da capital, cancelou a greve marcada para essa terça-feira, 20 de abril de 2021, após uma reunião com o Governo de São Paulo.

O encontro aconteceu na noite desta segunda-feira, dia 19, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Os trabalhadores receberam a promessa de imunização que deve começar com funcionários que tenha 47 anos ou mais.

Segundo um documento assinado ao fim do encontro, o governo de São Paulo se comprometeu até quinta-feira, dia 22 de abril, detalhar o cronograma de vacinação. O Governo de São Paulo informou que ouviu o pleito dos trabalhadores e que vai analisar a possibilidade de vacinação desses profissionais. Um grupo de trabalho será formado entre as partes para que seja elaborado um cronograma de imunização da categoria.

Mais cedo, o Sindicato dos Metroviários também informou à suspensão da greve sanitária, informando que todos os metroviários, incluindo aqueles que trabalham para à iniciativa privada (ViaQuatro, Linha Amarela e ViaMobilidade, Linha Lilás) irão trabalhar normalmente.

Agora, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo vai cobrar um cronograma de como será a vacinação contra à COVID-19 para os demais funcionários.

Portanto, todas as linhas (1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela, 5-Lilás e 15-Prata) irão operar normalmente, bem como os ônibus da Grande São Paulo.

Fonte: Noticiando.net

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Dorival Carvalho Ramos

    PARABÉNS a Categoria que Deus abençoe a todos vocês e toda a sua família ok GRANDE GUERREIROS. Sem Vocês MOTORISTA O PAIS PARA TOTAL VOCES SAO AS SOLUÇÃO .E uma Metrópole como SAO PAULO é Rodando dia e Noite. PRECISAMOS DE VOCES E AGORA COM VACINA SIM A TODOS OS PROFISSIONAIS.

  2. Irene

    A categoria tem que lutar pelos seus direitos sim
    E nos passageiros temos o direito de um transporte de qualidade nao podemos ficar em aglomeracao dentro do transporte

  3. Maria Helena de Souza

    Os sindicatos de todas categorias devem lutar pela saúde dos seus filiados e fazerem reuniões com o Governador e terem uma logística sanitária para a vacinação das categorias dos trabalhadores.
    Obs:Montar uma base de guerra de vacinação na Estação da CPTM Brás e outra na Estação da CPTM Luz,vacinar esses seres humanos que não tem como fazer o distanciamento social e nem podem ficar em e moram na periferia e extremos das periferias,fazer uma logística de cadastro principalmente com o endereço Rua e bairro,para ter uma logística de quantos seres humanos estão vacinados nos determinados bairro,comunidades.Pois a história já sabem,moram sempre em pequenas casas com a família de todas as idades.E os que passassem para tomar vacina ir com a carteira de trabalho.e a empresa entrar no cadastro do ser humano que vai tomar a vacina.O local de vacinação com segurança,espaço tem nas estações e só montar um local de guerra para vacinação,Chama o Exército Cruz Vermelha para ajudar os profissionais da saúde.

  4. Maria Dolores

    Gostei da iniciativa da imunização para os motoristas e cobradores, mesmo pq meu marido é motorista de ônibus.
    Sou muito grata a iniciativa do sindicato da categoria… agora estou feliz pq sei que meu marido e seus colegas vão ser imunizados 🙏❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *