Menu fechado

Metrô de Salvador completa 7 anos

Nesta sexta-feira (11) o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas completa sete anos de operação. Aniversário mais que especial, depois de um ano completamente desafiador, convivendo com a pandemia da Covid-19 e todos as transformações trazidas por ela. São 33km de percurso, 20 estações e 8 terminais integrados, sendo 7 deles operados pela CCR Metrô Bahia. Com a expansão do Tramo 3 em andamento, que permitirá a abertura de duas novas estações na linha 1, o metrô chegará à Águas Claras. Toda essa história foi narrada até aqui em 1.247.842 viagens e 17.035.598 km rodados. Números que mostram a transformação que o modal trouxe para as cidades de Salvador e Lauro de Freitas e, mais do que isso, para a vida das pessoas.

Durante a pandemia, a CCR Metrô Bahia adotou ações de prevenção e combate à Covid 19, para seguir transportando as pessoas com segurança, já que o equipamento é essencial para a mobilidade urbana. Além de todas as campanhas de conscientização, sinalização e veiculação de informações nas mídias utilizadas nas estações, destacam-se medidas de prevenção, como a higienização dos trens a partir de processo de nebulização com névoa seca, disponibilização de álcool em gel nas estações e terminais, além da intensificação de limpeza de trens e áreas comuns como corrimãos de escadas rolantes e fixas, linhas de bloqueios, elevadores, bilheterias e máquinas de autoatendimento, com produto específico para desinfecção. Outra adaptação foi no programa de visitas da empresa – O Embarque, que passou a receber pessoas e instituições interessadas em conhecer o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas virtualmente. Em 2021, o Embarque atingiu a marca de 1.416 visitantes recebidos. Ainda neste ano, o Instituto CCR e a CCR Metrô Bahia lançaram o Acelerando Seu Corre, apoiando pequenos negócios e colaborando com a mobilidade social da cidade. O projeto foi idealizado pela empreendedora Karine Oliveira, fundadora da Wakanda e reconhecida pela Revista Forbes como uma das personalidades do meio empresarial mais bem sucedidas antes dos 30 anos. A iniciativa colaborou com mais de 300 pequenos empreendedores, principalmente mulheres e mães que tem no negócio a única fonte de renda. Foram realizadas capacitações com preços populares para apoiar na criação de conteúdo para gerar renda através de múltiplas plataformas digitais. As atividades foram todas online, com foco em gestão, organização financeira e vendas.

Programação cultural e serviços de Saúde
Os sete anos da operação serão celebrados com ações culturais e de saúde para os clientes. Quem passar pela estação do Campo da Pólvora entre os dias 11 e 30 de junho vai encontrar a Exposição Sotero de Metrô, que apresenta ao público uma série de dicas de experiências turísticas que podem ser facilmente acessadas pelas Estações da Lapa e do Campo da Pólvora. A curadoria é de Iuri Barreto, criador de conteúdo digital e autor do perfil ‘Guia de Sobrevivência do Soteropobretano’, página com mais de 150 mil seguidores nas redes sociais. A exposição está disponível no site www.ccrmetrobahia.com.br.
Também dia 11, os clientes contarão com serviços básicos de saúde na Estação da Lapa, promovidos pela HapVida, das 8h às 12h. Será possível fazer a aferição de pressão e medição de temperatura, além da distribuição de álcool em gel para contribuir no combate à Covid-19.
“Mesmo com todas as limitações impostas pela pandemia, não podemos deixar de marcar os sete anos da presença do metrô, que vem transformando a vida da população, principalmente neste período em que estamos voltados para garantir um transporte com segurança, qualidade e cuidado com a pandemia”, explica o gestor de comunicação da CCR Metrô Bahia, Álvaro Britto.

Mais números
Atualmente, a estação Lapa lidera o ranking das estações com o maior número de embarques diários, seguida de Pirajá, Aeroporto, Rodoviária, Acesso Norte, Mussurunga e Imbuí. O sistema conta com uma frota de 40 trens modernos e cada composição tem capacidade para transportar mil passageiros por viagem. Nos dias úteis são ofertados até 984 mil lugares, número que equivale a mais de 1/3 da população total da capital baiana. “O Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas tem a missão de seguir transformando a mobilidade urbana da capital baiana e Região Metropolitana. Continuaremos indo além, intensificado ações sociais e de promoção do bem estar população”, enfatiza Álvaro Britto.
De acordo com a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), o sistema metroviário baiano foi um dos cinco sistemas que mais expandiram no país nos últimos anos. Hoje, ele é o terceiro maior sistema metroviário do país, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.

Fonte: CCR Metrô Bahia

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Roberto De Santana

    Ok a ccr bahia tem nos prestado um bom serviço s embora tenha diminuído um pouco por exemplo vimos vendedores ambulantes vendendo nas passarelas e desocupados também dormindo nas passarelas o demais tá tudo bem fica aí a minha observação e meus agradecimentos a empresa pelo o serviços prestados ao públicos usuários.

  2. Marlene da Silva Amorim

    Não sei viver sem metro é mais seguro é minha viajem mais tranquila.
    Há 2 anos atrás meu esposo passou mal na estação Pirajá foi atendido muito bem como tínhamos médico marcado leneñ foi necessário a ambulância mais fomos monitorando até chegamos no nosso ponto de desde.muito obrigado 🥰

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *