Menu fechado

Metroviários de São Paulo ameaçam greve para o dia 1º de julho de 2021

No último sábado, houve uma assembleia dos metroviários na qual foi aprovado um indicativo de greve para o dia 01/07 (5ª feira). Os metroviários reivindicam a aplicação do reajuste de 7,79% nos salários e dos benefícios determinados pelo Tribunal Regional do Trabalho. Nesta 4ª feira (30/06), deverá ocorrer uma nova assembleia para que seja definida ou não a greve. Fique de olho na Quicko, pois vamos te avisar após a reunião.

A categoria fez uma greve no dia 19 de maio de 2021, o que causou transtornos nos deslocamentos na capital paulista, provocando superlotação nos ônibus.

No julgamento, por decisão unânime, o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinou os seguintes pontos:

– Reajuste de 7,79% sobre todas as cláusulas econômicas, incluindo salários e tickets (vale reeleição e vale alimentação)

– Redução Temporária do Adicional Noturno para 40% por seis meses

– Redução Temporária do Adicional de Férias para 60% por seis meses

– Congelamento por um ano da gratificação por tempo de serviço

– Abono salarial de R$ 2295 a ser pago em 31 de janeiro de 2022

– Pagamento da Segunda Parcela da PR (Participação nos Resultados) sem a especificação de valor

– Não abusividade da greve que ocorreu no dia 19 de maio de 2021, o que na prática garante que os trabalhadores não sejam demitidos e nem tenham descontos pelas horas de greve.

Fonte: Diário do Transporte

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Ana

    Acho eu, com tudo isso, que será difícil sair desta situação na qual estamos.Ja não se tem dinheiro e já pagamos caro a passagem,porque entre integração do metrô e ônibus pagamos a diferença.Agora imagina sair da rotina, com o dinheiro contado do mês,para não perder o serviço que está se tentando segurar.Esta errado tudo, não repassar o reajuste,está congelado o salário. Aí vem a pergunta; eu,eu e eu e os outros que são a população em massa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *