Menu fechado

Nova fase da flexibilização de medidas contra COVID-19 no Rio de Janeiro

A capital do Rio de Janeiro anunciou, nesta sexta-feira (7), uma nova fase da flexibilização das medidas restritivas. Com isso, as praias voltam a ser liberadas nos fins de semana e os bares não têm mais hora para fechar.

O decreto entra em vigor de forma imediata e fica válido até o dia 20 de maio. De acordo com Paes, mesmo a cidade tendo registrado recorde no número de casos, a taxa de contágio, mortes e internações está em queda lenta.

Com o novo decreto, parques, praias e cachoeiras estão liberadas para todo o público, inclusive nos fins de semana. Além disso, bares, lanchonetes, restaurantes e quiosques poderão voltar a funcionar, porém, é exigido que os clientes permaneçam sentados e que haja um distanciamento de, no mínimo, dois metros entre as mesas.

Não há mais restrição de horário para esses estabelecimentos, portanto, não há horário estabelecido para fechar. Isso ocorre porque a prefeitura acabou com o toque de recolher.

Os estabelecimentos que oferecerem música ao vivo só poderá oferecer o entretenimento até às 23h. Mesmo com a nova fase da flexibilização boates, casas de shows e rodas de samba continuam proibidas.

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. sandraegyovanna@gmail.com

    Do que adianta proibindo bares, praias e quiosque?
    Se as condições estão lotadas várias linha de ônibus com a frota reduzida.e detro ,prefeitura não fazem nada pra que cumpram com a quantidade de ônibus nas ruas.
    Não tem como manter esses lugares fechado e ter mais desempregados em massa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *