Menu fechado

Ônibus voltam a circular no final de linha de Alto de Coutos, em Salvador

Após troca de tiros entre grupos criminosos na quarta-feira (14), veículos só seguiam até a entrada do bairro, na Avenida Suburbana. Nesta quinta (15), circulação foi retomada.

Os ônibus do transporte público de Salvador voltaram a circular no final de linha de Alto de Coutos, subúrbio ferroviário de Salvador, na manhã desta quinta-feira (15).

A circulação dos coletivos foi suspensa na noite de quarta-feira (14), após uma troca de tiros entre grupos criminosos. O policiamento está reforçado na região e na manhã desta quinta foi possível notar viaturas e muitos policiais no final de linha do bairro.

Segundo informações do Sindicato dos Rodoviários, os veículos estavam indo até a entrada do bairro, na Avenida Suburbana, pois os rodoviários estavam preocupados com a insegurança e tensos diante da troca de tiros no bairro.

Segundo o sindicato, no final de linha do bairro circulam as linhas: Alto de Coutos/ Estação Pirajá e Alto de Coutos/Pituba, que são operadas pela Concessionária Integra Plataforma.

De acordo com a Concessionária Íntegra, a empresa recebeu a informação de que homens armados rondavam o terminal de Alto de Coutos e por motivo de segurança, os ônibus tiveram o itinerário alterado, deixando de ir até o fim de linha.

Moradores informaram que o confronto estava acontecendo em uma área conhecida como Congo. A localidade que fica na divisão entre os bairros Vista Alegre, Alto de Coutos e Fazenda Coutos 3.

Por volta das 20h de quarta-feira, o ponto de ônibus da localidade estava vazio por causa da situação. O comércio na região também foi fechado e os moradores evitavam sair das casas.

Em nota, a Polícia Militar informou que ao tomar conhecimento da troca de tiros na região que compreende os dois bairros, equipes da 18ª CIPM e da 19ª CIPM realizaram rondas e incursões, mas os suspeitos não foram localizados.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *