Menu fechado

Sindicato que representa três linhas da CPTM anuncia “estado de greve”

O sindicato que representa os trabalhadores das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM anunciou que estão em “estado de greve” e marcaram uma paralisação para o próximo dia 20 de julho.

A informação consta no site do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil. Segundo a entidade, à CPTM não quer negociar questões salariais.

Entre os dias 5 e 12 de julho haverá uma consulta para que os empregados das três linhas participem e opiniem sobre o ato.

Caso seja confirmada, o sindicato deve informar à população pelo menos um dia antes da paralisação.

Os demais sindicatos que representam os empregados das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda (Sorocabana), Linhas 7-Rubi e 10-Turquesa (Sindicato de São Paulo) e o Sindicato dos Engenheiros de São Paulo não se manifestaram até o momento sobre eventuais atos, o que indica que essas linhas não devem ser afetadas em caso de greve.

Fonte: Rede Noticiando

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Cláudia

    Tem q parar e não voltar ,aliás já está na hora dos caminhoneiros travar tbm todas as rodovias pra parar essa roubalheira,pessoas passando fome ,desepregadas,façam greve mesmo, façam valer seus direitos..

  2. elainemariacarvalho48@gmail.com

    Não houve aumento de salário, e alimentação, água,luz,gás, passagem e muitas outras coisas aumentarão, o povo é prejudicado e sem valor “ACORDA BRASIL”

  3. Mara Regina de Camargo

    Questão salarial neste momento em que só o povo perde, complicado as passagens já estão caríssimas, tem que brigar para abaixar os preços, o seu salário aumenta e tudo irá além do que estão pedindo. Precisamos lutar todos juntos.

  4. José Carlos Vieira sobrinho

    Transporte coletivo e o órgão mais de todas as categorias para dar uma resposta ao Governo e aos Administrativo Val nessa e direito de vcs

  5. Antônio Pinheiro

    Quem não está satisfeito deixe o emprego para q outros q querem trabalhar nas vagas.Com.certeza essa greve vai prejudicar os trabalhadores q não tem culpa nenhuma

  6. Alessandro Rodrigo dos Santos

    É naquelas, tem que correr atrás dos direitos ok, mas nos dias comuns os trens já são um caos de cheios, e fazer uma greve ira piorar muito mais a situação do trabalhador que depende de trem, e em plena Pandemia fica bem mais tensa a situação… Não é melhor esperar um pouquinho abaixar a poeira de Covid? Esperou até agora espera mais um pouquinho… Só acho.

  7. Izildo Alves

    Tem que fazer greve mesmo. Chega de tantos aumentos, tanto do governo federal como estadual. Cambada de ladrao. Vamos acordar povão, vamos pr rua. Deixar de se vender po 350,00 reais e auxílio gás.

    • Wilson Paula de Sousa

      Não há como fazer uma greve sem que alguém se ache prejudicado ou se dá apoio fica contra mas amanhã pode ser que quem joga pedra precise também estamos no mesmo barco

  8. Sérgio F. Alves

    Boa noite amigos, meu comentário é que as Greves de transportes coletivos devem ser de passagem livres, pois os Trabalhadores não devem ser prejudicados.

  9. Sérgio

    Boa noite amigos, meu comentário é que as Greves de transportes coletivos devem ser de passagem livres, pois os Trabalhadores não devem ser prejudicados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *