Menu fechado

[SP] O uso de máscaras deixa de ser obrigatorio em todo estado de São Paulo, contudo, somente no transporte público continua obrigatório

O uso no transporte público se mantém com as mesmas regras. Foto: Diário dos Trilhos

O Governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde desta quinta-feira, 17 de março de 2022, que o uso de máscaras de proteção facial contra o coronavírus deixa de ser obrigatório em todos os espaços externos e internos, exceto no transporte público.

Segundo o governador João Doria, o Comitê Científico demonstrou uma melhora consistente nos indicadores da pandemia e a decisão acontece com respaldo dos médicos e cientistas.

“Recebi hoje à tarde uma nota técnica do Comitê Científico que demonstra uma melhora consistente na situação epidemiológica no Estado. Por isso decidi, com respaldo desses cientistas e médicos, abolir imediatamente a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os ambientes, com exceção de unidades de saúde, hospitais e transporte público”, disse Doria.

A partir de agora, seja ao ar livre (já havia sido liberado) e agora em espaços fechados como teatro, bares,escritórios, edifícios, entre outros, também não é mais obrigatório o uso da máscaras.

Porém no interior dos trens e estações do Metrô de São Paulo e no sistema da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e da ViaMobilidade, o uso segue obrigatório, bem como nos ônibus do transporte coletivo.

Os indicadores do Governo apontam a sexta semana seguida de queda nas internações e ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria.

Fonte: Diário dos trilhos

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.