Menu fechado

SP: ônibus vandalizados travam acesso aos terminais Pinheiros e São Mateus

Os passageiros enfrentam dificuldade para acessar ônibus nos terminais Pinheiros, na zona oeste, e São Mateus, na zona leste de São Paulo, devido à ação de um grupo ainda não identificado que vandalizou os veículos cortando as correias do motor e furando pneus. Com a ação, muitos ônibus não conseguem entrar e nem sair dos terminais. É a segunda ação do tipo em duas semanas. Em nota, a SPTrans informou que o problema começou às 6h. Pouco depois das 7h20, o acesso ao Terminal São Mateus foi fechado. Os ônibus estão acessando o Terminal Pinheiros pela Marginal Pinheiros. Guinchos das operadoras, em auxílio no local, já estão fazendo a remoção dos coletivos no terminal para liberar as vias.

Segundo informações preliminares, um grupo iniciou o ato na entrada do Terminal Pinheiros e a situação se repetiu no Terminal São Mateus. Segundo a SP Trans, há informações de que três coletivos tiveram os pneus esvaziados, obstruindo totalmente a entrada do Terminal desde as 6h35.

Por volta das 7h, um grupo atacou mais dois coletivos, sendo um nos cruzamentos das avenidas Ragueb Chofhi e Aricanduva e o outro na mesma avenida com a Avenida Jacu Pêssego. Ambos tiveram os pneus esvaziados, porém, há obstrução apenas parcial do viário.

Veja o desvio alternativo nas linhas do Terminal Pinheiros:

637A/10 Term. Jd. ngela – Term. Pinheiros

637A/21 Vl. Remo – Term. Pinheiros 637A/25 Piraporinha – Term. Pinheiros

637A/26 Term. Guarapiranga – Term. Pinheiros.

Tráfego segue normal até a Avenida Brigadeiro Faria Lima e após retorna no Largo da Batata para o bairro.

Fonte: Uol

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Josesiberto Alves da Conceição Silberto

    A cidade de São Paulo está precisando de uma atitude rigoroso não tem mais o que fazemos não temos prefeito

  2. Aylton Bekes Cezar

    Cadê a polícia? Quem são esses criminosos? O que a população tem a ver com esse protesto débil? O sujeito que pratica tais ações insanas é o mesmo que utiliza transporte público, com certeza. Assim ocorre no Metrô e CPTM.

Deixe um comentário para Aylton Bekes Cezar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *