Menu fechado

SPTrans sugere que tarifa de ônibus na cidade de SP deve ser reajustada para corrigir inflação com o valor mínimo de R$ 5,10

Realizando a recarga do seu bilhete único antes do aumento da tarifa, você mantém o valor antigo da passagem até o final do seu saldo. Se atente e programe-se para realizar a recarga antes do aumento. Utilize o app da Quicko e ganhe R$5 reais na sua primeira recarga.

Proposta ainda será enviada para prefeito Ricardo Nunes (MDB). Atualmente, a tarifa custa R$ 4,40. De acordo com o estudo apresentado pela SPTrans, a cada R$ 0,10 na tarifa básica, a receita tarifária aumenta R$ 104 milhões nos primeiros 12 meses.

A Secretaria de Transportes de São Paulo e a SPTrans afirmaram nesta quarta-feira (22) que a tarifa de ônibus deveria ser reajustada para, no mínimo, R$ 5,10 para corrigir a inflação dos dois últimos anos. A proposta ainda será enviada para o prefeito Ricardo Nunes (MDB). Atualmente, a tarifa custa R$ 4,40.

Os custos da operação de ônibus na capital paulista é pago parte pelos usuários, através da tarifa, e parte pela Prefeitura através de subsídio, o que representa 47% do custo total.

O subsídio pago pela Prefeitura de São Paulo para as empresas de ônibus em 2021 foi R$3,3 bilhões. Como mostrado pelo g1, o valor do repasse no primeiro semestre foi R$ 461 milhões superior ao do primeiro semestre de 2020, quando a gestão municipal destinou R$ 1,403 bilhão do Tesouro da cidade para bancar o sistema municipal de ônibus.

De acordo com o estudo apresentado pela SPTrans, a cada R$ 0,10 na tarifa básica, a receita tarifária aumenta R$ 104 milhões nos primeiros 12 meses.

Se o valor de R$ 5,10 for aprovado pelo prefeito, significa que cerca de R$ 728 milhões devem entrar nos cofres do sistema de ônibus em 12 meses, diminuindo a necessidade de subsídio do Tesouro Municipal, que neste ano deve chegar a R$ 3,3 bilhões, segundo a própria SPTrans.

Fonte: G1

Compartilhe:

Comentários enviados

  1. Fabiana Rosângela

    Um absurdo aumentar tudo isso, milhões de pessoas desempregadas que muitas vezes faltam dinheiro pra procurar . E lembrando que muitas empresas não querem contratar pessoas de longe .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *