Menu fechado

Veja como ficam o trânsito e os protocolos para o jogo entre Atlético e Palmeiras no Mineirão

Prefeitura de Belo Horizonte alterou esquema de trânsito no estádio e reforçou medidas sanitárias para conter risco de transmissão da Covid-19 no confronto desta terça-feira (28), às 21h30.

Com a presença de torcedores no Mineirão, a Prefeitura de Belo Horizonte alterou o esquema de trânsito no entorno do estádio e reforçou os protocolos sanitários para o jogo entre o Atlético-MG e o Palmeiras, que vão se enfrentar nesta terça-feira (28), às 21h30, na semifinal da Copa Libertadores 2021.

Trânsito no entorno do estádio

A partir de 17h, a BHTrans e a Guarda Municipal iniciam uma operação especial de trânsito e transporte no entorno do Mineirão, na Região da Pampulha.

Segundo a PBH, faixas de pano serão instaladas para orientar os motoristas e o trânsito será monitorado por agentes da Unidade Integrada de Trânsito, que também conta com o apoio da Polícia Militar.

odas as vias de acesso ao estádio serão bloqueadas, exceto para moradores e torcedores que apresentarem ingresso. Os bloqueios serão implantados nos seguintes locais:

  • Avenida Presidente Carlos Luz com Avenida Alfredo Camarate;
  • Avenida Otacílio Negrão de Lima com Avenida Coronel Oscar Paschoal;
  • Alameda das Palmeiras com Avenida Coronel José Dias Bicalho;
  • Avenida Antônio Abrahão Caram com Alameda das Acácias.

O controle de pessoas no perímetro de segurança é responsabilidade da administradora do Mineirão, a Minas Arena, que deve exigir os testes de Covid e o uso de máscara por parte do torcedor.

Com as interdições, o trânsito ao redor do estádio será desviado, assim como as linhas de ônibus, e os pontos de embarque e desembarque, desativados.

Para desembarque, o ponto mais próximo ao estádio fica na Avenida Chaffir Ferreira, 611.

Protocolos sanitários

A Prefeitura de Belo Horizonte também reforçou os protocolos sanitários para conter o risco de transmissão da Covid-19 durante os jogos de futebol na capital.

A nova volta das torcidas aos estádios de BH foi oficializada no dia 15 de setembro.

A presença do público havia sido liberada em Belo Horizonte pela primeira vez, desde o início da pandemia, no dia 29 de julho, mas voltou a ser proibida no dia 22 de agosto, após aglomerações e descumprimento de protocolos nas partidas realizadas por Atlético-MG e Cruzeiro, no Mineirão.

Agora, a capacidade máxima de público está restrita a 30%, e a venda de bebidas alcoólicas é permitida, mas somente nos bares e balcões do estádio.

É estritamente proibida a entrada de pessoas sem máscara ou teste negativo de Covid-19 feito até 72 horas antes do jogo, seja do tipo RT-PCR ou rápido de antígeno.

Nas arquibancadas, passa a ser obrigatório o distanciamento de um assento lateral entre torcedores de grupos diferentes.

Em nota, a PBH disse que “a equipe da Vigilância Sanitária estará de plantão no estádio durante o jogo para fiscalizar o cumprimento dos protocolos da Covid, além das condições higiênico-sanitárias dos bares, bem como a manipulação correta e conservação adequada dos alimentos”.

A gestão municipal também afirmou que, fora do estádio, os fiscais de Controle Urbanístico e Ambiental vão vistoriar bares e veículos de lanche para evitar irregularidades, “orientando-os sobre a importância de serem seguidos os protocolos sanitários”.

Fonte: G1 Minas Gerais

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *